pare de matar as baleias

o programa baleeiro do Japão pode ser o mais divulgado, mas não é a única nação que caça baleias para ganho comercial. A Noruega ainda caça grandes baleias, desrespeitando as restrições internacionais, apesar da proibição de uso comercial ter sido tomada há mais de 30 anos pela Comissão Baleeira Internacional (IWC). No início de 2020, a empresa baleeira Islandesa IP-Utgerd anunciou que estava permanentemente cessando a caça à baleia de minke, enquanto a Hvalur hf., a maior empresa baleeira do país, confirmou que estava parando a caça às barbatanas pelo segundo ano consecutivo – esperamos que a Islândia pendure seus arpões para sempre em um futuro próximo e que a caça às baleias termine. Ao contrário da crença popular, na Islândia, menos de 2% da população consome carne de baleia (sendo mais popular para o fator “novidade” com os turistas), também é exportada para o Japão, onde há um maior apetite pela carne.Na Noruega, tem havido pouco interesse em carne de baleia nos últimos anos e a demanda pelo produto diminuiu, no entanto, a prática continua. Apesar das preocupações de bem-estar animal em curso, especialmente em torno do período de tempo que leva para uma baleia morrer uma vez que foi atingida por um arpão, baleeiros noruegueses mataram 575 baleias minke na temporada de 2021, o maior número em cinco anos. Em 2020, baleeiros pegaram e mataram 503 minkes, em 2019 eram 429. O país já matou quase 15.000 baleias minke desde 1993.Em 2019, o Japão retirou-se da IWC para retomar a caça comercial de baleias dentro de suas águas territoriais, embora o país mantenha o status de observador na IWC, um sinal de que não fechou completamente a porta para Negociações Internacionais sobre o assunto. Antes da retirada, as caçadas de pesquisa japonesas na Antártica e no noroeste do Pacífico eram consideradas uma cobertura para caçadas comerciais, já que a maior parte da carne de baleia acabou em restaurantes e supermercados, ou no caso da Noruega, mesmo em alimentos para animais de estimação. No Japão e na Noruega, a indústria baleeira é subsidiada por seus respectivos governos, então por que eles estão determinados a continuar com uma indústria que não é apenas não lucrativa, mas também a demanda pelo ‘produto’ está em declínio? A caça às baleias é desnecessária, cruel e não faz nada pela reputação dos países que continuam a se apegar ao argumento de que o que estão fazendo é “tradicional”.As autoridades japonesas estabeleceram o limite de captura para a temporada baleeira de 2021 em 383 baleias grandes-171 para baleias minke, 187 e baleias de Bryde e baleias Sei em 25.

Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.